canal dental

Quando é preciso se submeter a um canal dental?

Muito se ouve falar a respeito de canal dental, porém, pouca gente sabe em quais ocasiões é necessário se submeter a esse tratamento. Bem, um indivíduo deve receber o diagnóstico de que precisa passar por um canal dental quando tiver um dente com cárie – espécie de infecção causada por bactérias que danificam as camadas dentais – porém quando ela tiver se aprofundado nesse dente. Ou seja, quando um processo infeccioso tiver ido além das áreas superficiais dentárias, como o esmalte e a dentina, e tiver chegado à polpa, região também conhecida como nervo dental.

Assim, quando esse núcleo do dente não estiver saudável e exposto a esse tipo de patologia, o canal dental geralmente é o tratamento mais indicado para recuperar o dente afetado. Quem sofreu algum trauma facial e que tenha atingido partes internas do dente também pode ter que se submeter a um canal dental.

Mas, se a situação for muito crítica e a cárie tiver dominado uma área muito grande e o dente apresentar sintomas como ficar escuro, mole e muito dolorido, pode ser que sua raiz que sua polpa tenha sido necrosada e então a única solução é a extração dentária. Mas apelar para a remoção do dente é sempre a última alternativa, ou seja, quando o canal dental não for suficiente.

Passo a passo do canal dental

O canal dental é um procedimento realizado pelo endodontista – profissional da odontologia especializado em questões da parte mais interna do dente – e pode ser feito no consultório odontológico (não requer aparato hospitalar, a não ser nos casos em que o paciente apresentar condições de saúde que demandem uma retaguarda médica).

em suma, o canal dental é um procedimento simples e é realizado em menos de uma hora. De forma mais detalhada, o canal dental se dá pelas seguintes etapas:

  • Aplicação de anestesia local;
  • É feita a pulpectomia (acesso a região mais profunda do dente);
  • Espécie de drenagem da região, removendo o conteúdo danificado;
  • O especialista então higieniza a área;
  • Feito isso há o preenchimento da região com um material odontológico específico.

Cuidados após o procedimento

Quem se submete a um canal dental não precisa realizar nenhuma atividade especial, haja vista que esse procedimento, além de altas taxas de sucesso, é de fácil recuperação. A única exigência específica é para que se evite mastigar elementos duros, seja gelo ou alimentos mais resistentes. É indicado também que não utilize o dente tratado (e de preferência nenhum) para abrir embalagens e morder objetos como tampa de caneta, por exemplo.

No mais, é recomendado que se cuide da higiene bucal, com escovação após as refeições e uso do fio dental diariamente para que se evite a formação de novas cáries, sobretudo sobre o dente tratado. Essa dica de atenção a higiene vale para todas as pessoas, assim como a recomendação de ir ao dentista com regularidade, ao menos uma vez a cada seis meses para a realização de uma limpeza dentária.

Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende canal dental:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões