cirurgia odontológica

O que é e para que serve a cirurgia odontológica?

A cirurgia odontológica nada mais é que do que um procedimento médico que realiza qualquer modificação na cavidade oral do paciente visando sua melhoria. Melhoria essa que pode ser para fins estéticos ou funcionais. No consultório odontológico, o dentista vai identificar o tipo de cirurgia pertinente para cada caso e o profissional capacitado para realizar a devida cirurgia odontológica é o cirurgião dentista.

Anomalias congênitas, traumatismos, dentes inclusos e lesões estão entre os problemas que podem ser resolvidos através da cirurgia odontológica. Para a realização de cirurgias dessa natureza não há uma idade estabelecida. O importante é o paciente estar saudável, por isso o dentista deverá pedir uma série de exames para analisar se o indivíduo se encontra apto ou não para a realização de um procedimento cirúrgico.

Após a realização de possíveis exames para saber se o paciente deve e pode realizar a cirurgia odontológica, talvez seja necessário fazer um tratamento prévio, que pode incluir (ou até mesmo excluir) algumas medicações, mudar a alimentação e até alterar os hábitos do paciente, como parar de fumar e ingerir bebidas alcóolicas.

Quais são os tipos de cirurgia odontológica?

Problemas na mastigação, extração dental, correção de deformidades no sorriso que prejudicam a estética do rosto e correção de defeitos congênitos na face são alguns dos fatores que podem levar ao paciente a recorrer a cirurgia odontológica. A seguir são apresentados alguns do diversos tipo de cirurgia odontológica:

  • Cirurgia de enxertos ósseos para implantes dentários: é a realização de procedimentos para a complementação de possíveis tecidos ósseos perdidos, visando fortalecer a arcada dentária do paciente para receber o implante dental. A reposição desses tecidos pode ser feita com material ósseo do próprio paciente ou material ósseo sintético;
  • Cirurgia oral menor: essa é a especialidade responsável pela realização de cirurgias nos dentes, bochechas, gengiva e ossos. A extração de dentes, por exemplo, está relacionada a esse procedimento. Geralmente, esse tipo de intervenção oferece menos riscos e uma recuperação mais rápida;
  • Cirurgia gengival: a cirurgia odontológica gengival é indicada para pacientes que apresentam alguma doença periodontal, que ocorre devido ao acúmulo de bactérias ao redor dos dentes. A gengivectomia é uma variedade desse tipo de cirurgia;
  • Cirurgia odontológica ortognática: serve para realocar a mandíbula do paciente. O reposicionamento se faz necessário quando o indivíduo sente dores no maxilar ou quando a mordida é alterada. Esse tipo de procedimento é mais comumente realizado em adultos, já que crianças e adolescentes encontram mais facilidade de correção com aparelhos ortodônticos.

Com a atenção adequada toda cirurgia se torna menos complicada

Assim como qualquer procedimento cirúrgico, a realização de todo tipo de cirurgia odontológica exige que o paciente tome alguns cuidados após a operação. Entre esses cuidados estão inclusos: preservar-se da realização de exercícios físicos, evitar exposição ao sol, e realizar a higiene bucal corretamente, evitando que possíveis suturas se rompam.

A duração de uma cirurgia e seu tempo de cicatrização vai variar de acordo com sua complexidade. Além do mais, para todo o tratamento odontológico necessário, talvez seja preciso mais de um procedimento cirúrgico. Mas com paciência e a realização adequada dos cuidados pré e pós-operatórios, o paciente pode ter uma melhor recuperação e sem grandes desconfortos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende cirurgia odontológica:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões