doenças na gengiva

Doenças na gengiva, causas mais comuns

Em linhas gerais, as doenças na gengiva são causadas pela ausência de uma higiene bucal adequada, o que favorece então a formação de placas bacterianas, que por sua vez resultam em tártaros e causam estragos não só no tecido gengival como também nos dentes e em toda a estrutura bucal.

Normalmente, as doenças na gengiva são inflamações iniciadas pela entrada de micro-organismos na boca (como no caso das placas bacterianas) e que configuram o quadro de gengivite. Nesse estágio, as doenças na gengiva podem ser revertidas e curadas com o auxílio de um profissional da odontologia. Mas, se não houver tratamento especializado o quanto antes e essa gengivite evoluir, a periodontite é a próxima e perigosa fase. Logo, o processo inflamatório que começou nos dentes e na gengiva se espalha para o osso, o que pode ser bastante grave e levar a perda do dente.

Mas mesmo nesses casos há condições de reverter o quadro, não permitindo que vire uma periodontite avançada. Aliás, doenças na gengiva são bastante perigosas, pois podem oferecer riscos de infecção em demais áreas do organismo já que as bactérias podem viajar pela corrente sanguínea.

Além das causas mais comuns, relacionadas a questões de má higiene, há doenças na gengiva que podem ser causadas por hábitos tabagistas, pelo consumo de determinados medicamentos e por problemas de saúde, sobretudo em situações de deficiência no sistema imunológico.

Sintomas de doenças na gengiva

Por ter várias possibilidades de causas, as doenças na gengiva às vezes não são percebidas logo pelo paciente, portanto é importante estar atento aos sintomas que podem se manifestar sinalizando de que a mucosa gengival não está saudável como deveria. E entre os sinais apresentados pelo organismo destacam-se:

  • Sangramento da gengiva durante a escovação ou uso do fio dental;
  • A região gengival pode estar inchada, vermelha e dolorida;
  • Pode acontecer também que algumas doenças na gengiva a deixem retraída, expondo mais os dentes;
  • Mau hálito e um gosto ruim na boca também são sintomas característicos de diversas doenças na gengiva;
  • Dente amolecido ou prótese dentária fora do lugar também podem sinalizar problemas gengivais;
  • Bolsas de pus em torno dos dentes e da gengiva;
  • Dor ao mastigar alimentos ou ao contato com temperaturas frias ou quentes.

Como se dá o tratamento?

Assim como as origens são várias, a possibilidade de tratamento também não se restringe a apenas uma. A depender do grau do problema, o dentista pode realizar uma raspagem supragengival para remover a placa bacteriana ou então, em uma situação mais avançada, recorrer a um alisamento radicular. Se as bolsas periodontais tiverem mais de cinco milímetros, configurando um grave caso de periodontite, será necessário então que o paciente se submeta a uma cirurgia periodontal.

Fora isso, há situações em que o especialista poderá prescrever medicamentos para tratar das doenças na gengiva, porém, é expressamente recomendado que o paciente só ingira os remédios que forem prescritos pelo dentista. Se automedicar é uma prática perigosa e pode oferecer graves riscos a saúde.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende doenças na gengiva:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões