enxerto ósseo

Quando é adotado o enxerto ósseo

O enxerto ósseo dentário é um procedimento cirúrgico que consiste em retirar um fragmento de osso de um local adequado que pode ser a mandíbula do paciente, por exemplo, e implantá-lo no local que se quer fazer o reparo. O procedimento é indicado para pacientes que possuem diagnóstico de perda óssea e que buscam fazer um implante dentário.

O material para a realização do enxerto ósseo pode ser retirado da própria pessoa, também tem como opção ser retirado de de animais ou ainda, materiais vítreos sintéticos. O procedimento pode ser realizado em fragmentos ou em bloco. Este procedimento cirúrgico visa acrescentar altura ou largura ao osso maxilar e/ou mandibular.

Cuidados necessários com o enxerto ósseo

Para realização deste procedimento é necessário o acompanhamento periódico com seu dentista e seguir suas orientações. O período de cicatrização e regeneração varia de paciente para paciente, mas normalmente é necessário aguardar entre quatro e seis meses para avaliar o sucesso do procedimento. Quando o paciente diagnosticado com perda óssea mesmo assim decide não realizar o procedimento do enxerto ósseo, as consequências funcionais e estéticos são consideráveis. Pacientes fumantes recebem um alerta especial que inclui a possibilidade de:

  • Dentes manchados;
  • Perda óssea decorrente da infecção periodontal;
  • Maior chance de rejeição de implantes;
  • Maior chance de infecção em enxertos;
  • Resposta mais lenta ao tratamento.

O ideal é que esses pacientes se conscientizem e parem de fumar, para que o procedimento possa ter um resultado positivo. Os cuidados após a cirurgia influenciam bastante no resultado do procedimento. Entre eles, é essencial ter uma alimentação pastosa e gelada nos primeiros dias. Outro ponto importante é a higiene, que deve se manter normal, mas com calma na região próxima ao enxerto. Confira mais cuidados:

  • Repousar bastante: é importante não fazer nenhum esforço físico ou praticar esportes por pelo menos 24 horas;
  • Não abaixar a cabeça;
  • Evitar fazer pressão interna na boca nas primeiras 72 horas;
  • Fale pouco;
  • Use corretamente a medicação prescrita pelo dentista;
  • Não faça bochechos.

Os implantes dentários funcionam e têm a mesma aparência de um dente normal, cumprem seu papel da mesma maneira que um dente regular. Uma das principais questões a ser considerada é a possibilidade de necessitar de um enxerto ósseo para implantes dentários.

Enxerto ósseo como aliado do sorriso

O enxerto ósseo quando for concluído permite que o restante da cirurgia de implante dentário possa ter continuidade. Como todo procedimento cirúrgico, é importante conversar com seu dentista a respeito do seu histórico médico e todos os riscos e benefícios da cirurgia. No caso de pessoas cuja mandíbula é muito curta ou muito estreita, o osso deve ser adicionado no maxilar antes do implante ser colocado.

Com a decisão do paciente de colocar um enxerto ósseo realizada em conjunto com o Dentista, vale a dica da higiene bucal preventiva para o sucesso de todo tratamento. Escovar bem os dentes, usar o fio dental, ter uma dieta balanceada vai ajudar o paciente na recuperação e prosseguimento de sua vida sem sustos.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende enxerto ósseo:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões