gengiva doendo

Gengiva doendo requer atenção

A principal causa de gengiva doendo é a higiene deficiente. Quando a técnica de escovação não está adequada, a placa vai se tornando espesso e o acumulo de resíduos decorrentes da decomposição e metabolismo das bactérias causam irritação da gengiva. O diagnóstico da gengiva inflamada é feito principalmente através do exame clínico.

Gengiva doendo também pode estar associado a outros fatores, em menor escala como ferimento por algum alimento, queimaduras por alimentos muito quentes, atrito de próteses mal adaptadas, aparelho ortodôntico, consumo de cigarro ou mesmo diminuição na produção de saliva.

Fatores de risco para gengiva doendo

Existe alguns fatores de risco que levam as pessoas a terem as gengivas mais facilmente. Durante a gravidez a gengiva reage de maneira mais intensa a todas as causas de irritação. Além disso alguns remédios aumentam a resposta da gengiva. Doenças: como herpes labial, diabetes, epilepsia, aids, leucemia, hipovitaminose - carência de vitaminas. Confira dicas de higiene bucal para prevenção de gengiva doendo:

  • Para amenizar a dor neste momento, utilize sempre uma escova macia e um creme dental indicado pelo dentista;
  • Mesmo com esse incômodo o paciente não deve interromper o hábito;
  • Utilize o fio dental todos os dias;
  • Agenda consultas com o dentista a cada seis meses.

Em casa o paciente pode notar que essa gengiva está inchada, com alteração de cor, e pode estar ocorrendo sangramento espontâneo ou ao toque de alimentos ou o próprio dedo durante esse exame. Existem algumas predisposições genéticas que intensificam, de forma leve a moderada ou, em alguns casos, a grandes efeitos destrutivos, mediante a mínima presença de placa bacteriana.

Complicações de gengiva doendo

O diabetes é uma doença que se caracteriza pele não produção ou pelo uso inadequado de insulina. Os pacientes diabéticos necessitam reduzir a presença de bactérias e eliminar a placa bacteriana que possa estar em contato com a gengiva, o que pode ser realizado com tratamentos dentários simples como profilaxias.

Mesmo entre diabéticos que possuem excelente controle da doença, os cuidados adicionais de controle da doença gengival – como uso regular de fio dental – devem ser estimulados, além de uma programação de consultas frequentes ao seu dentista.

Gengiva doendo associado com o coração

A periodontite como uma doença que pode estar associada ao desenvolvimento de doença cardiovascular. As proteínas inflamatórias e as bactérias presentes no tecido periodontal penetram na corrente sanguínea, ocasionando diversos efeitos no sistema cardiovascular.

O aumento do nível de espessamento das paredes dos vasos sanguíneos pode estar associada à presença das mesmas bactérias encontradas na doença periodontal. Quando detectadas, a causa subjacente (aterosclerose) já está em estágio bastante avançado.

Portanto gengiva doendo é um problema que o paciente deve levar a sério. Quem deixa de realizar consultas por problemas financeiros tem a saída de contratar um plano odontológico, que por preço mais em conta que o atendimento na rede particular, poderá tratar gengiva doendo a tempo que o problema não se agrave bem como outras situações envolvendo a saúde bucal do paciente.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende gengiva doendo:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões