halitose

O que fazer com a halitose?

O problema da halitose é um dos que mais incomodam os pacientes. No entanto, muitos associam à problemas estomacais, quando na verdade, o mau odor é ocasionado pela falta de higiene do paciente. Mais de 90% dos casos estão relacionados a precariedade da higienização. O mau hálito é considerado um problema simples, mas ele é um indicativo de que a saúde dos seus dentes pode estar em risco.

Quando negligenciamos a higienização ou protelamos uma visita no dentista, muitos problemas bucais podem surgir, não só a halitose, mas as cáries, gengivite, periodontite e até mesmo a perda dos dentes podem comprometer o seu sorriso. Existem muitos tratamentos que permitem com que você tenha um sorriso perfeito, mas a prevenção ainda é o melhor deles.

Escove os dentes com três passos: elimine a halitose

O mau odor pode aparecer pela manhã, mas ele tende a ir embora assim que escovamos os dentes. Isso acontece, pois ficamos muitas horas sem comer e com pouca salivação, mas quando a halitose é um problema constante é importante buscar tratamento e melhorar na higienização:

  1. Escovar os dentes: o primeiro passo para higienizar os dentes corretamente é escolher uma escova que seja ideal para o tamanho da sua boca. Segundo passo é escolher uma pasta de dente da sua preferência e terceiro: fazer movimentos circulares e de vai e vem até remover por completo todos os restos de alimentos acumulados entre os dentes e a gengiva;
  2. Passar o fio dental: o fio dental é responsável por combater a inflamação na gengiva diariamente, pois ele alcança os locais que a escova não consegue. O seu uso deve ser diário, na verdade, os dentistas recomendam que todos os pacientes, com ou sem a halitose passe o fio dental após todas as refeições;
  3. Escovar a língua: na língua ficam depositados os restos de alimentos que ingerimos e junto com a saliva, foram a saburra. Essa massa esbranquiçada que cobre a língua é responsável pelo aparecimento do mau odor, ou seja, a língua deve ser escovada sempre, pois todos os microrganismos responsáveis pelo mau hálito estão depositados nela.

Utilizar o enxaguante bucal fica a critério do indivíduo, mas é importante ressaltar que o seu uso deve ser controlado, pois alguns deles possuem álcool em sua composição e ele faz com que a bochecha descame, aumentando ainda mais os depósitos de resíduos na língua e consequentemente, aumentando as chances de desenvolver halitose.

Visitar o dentista garante uma saúde bucal perfeitas

Os odontologistas recomendam que todos os pacientes façam visitas a cada seis meses, pois nessas visitas ele avaliará as condições gerais da boca, fará uma limpeza profissional e também, orientará quanto a higienização dos dentes a fim de eliminar a halitose. A limpeza profissional remove todos as placas bacterianas endurecidas e o tártaro através de um aparelho chamado de ultrassom.

Cuidar da saúde dos seus dentes além de impedir que problemas simples apareçam fazem com que você cuide de quem é realmente importante: você! Por isso, o menor sinal de mau hálito busque um profissional de confiança, pois somente ele poderá te orientar quanto ao melhor tratamento para esse ou para outro problema.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende halitose:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões