infecção dentária

Infecção dentária e suas consequências

O abscesso dentário que também pode ser conhecida como infecção dentária acontece quando uma infecção bacteriana se instala em alguma cavidade entre a gengiva e os ossos da face ou pescoço. Um dente infeccionado que não recebe tratamento apropriado pode formar um abscesso. Quando a situação chega neste ponto é sinal de que o Dentista não foi procurado a tempo bem como a pessoa deixou de tomar as medidas básicas de higiene bucal, mesmo assim, o profissional ainda poderá tratar a região para evitar consequências mais sérias.

Um abcesso dentário é o acúmulo de pus devido a uma infecção bacteriana. O abcesso pode ocorrer em diferentes regiões do dente por razões diferentes. Um abcesso periapical ocorre na ponta da raiz dentária. Em estágio avançado pode evoluir para osteomielite. A osteomielite é uma infecção no osso. Confira alguns dos sintomas da infecção dentária:

  • Dor de dente;
  • Vermelhidão na região;
  • Sensibilidade;
  • Drenagem de pus;
  • Dificuldade para abrir a boca;
  • Dificuldade para mastigar alimentos;
  • Dente escurecido.

O dentista poderá fazer um pequeno corte no abcesso, retirar o pus e higienizar a área com uma solução salina. O tratamento de canal deve ajudar a eliminar a infecção e salvar o dente. Para isso, o dentista remove o tecido doente usando uma broca drenando o abscesso.

Complicações da infecção dentária

A infecção dentária não se cura sem tratamento. Se ele se rompe, a dor pode diminuir significativamente – mas isso não quer dizer que o tratamento deve ser dispensado. Se o abscesso não é drenado, a infecção pode se espalhar para outras partes da sua boca, podendo inclusive afetar outras partes do seu corpo.

Entre os problemas possíveis de ocorrer está um infarto. As bactérias podem entrar na corrente sanguínea causando entupimento das válvulas cardíacas, desta forma potencializando um ataque cardíaco. Outra intercorrência possível é um acidente vascular cerebral.

Prevenindo infecção dentária

Na saúde bucal a melhor forma de tratamento é o investimento em prevenção. Quando a pessoa adota a higiene bucal correta dificilmente irá desenvolver uma infecção dentária. Saiba quais os procedimentos mais importantes para manter os dentes em dia:

  • Escove os dentes pelo menos três vezes ao dia
  • Usar o fio dental todos os dias para remover restos de alimentos não alcançados pela escova;
  • Troque a escova de dentes pelo menos uma vez a cada três ou quatro meses;
  • Evite alimentos ricos em açúcares e procure uma dieta mais saudável também para os dentes;
  • Marque uma consulta com o dentista a cada seis meses para a manutenção preventiva.

Quando a infecção é limitada à área do abscesso, o indivíduo pode não precisar de antibióticos. Mas, se a infecção se espalhou para os dentes vizinhos, mandíbula ou outras áreas, provavelmente será necessário prescrever antibióticos para impedir que se espalhe ainda mais. O procedimento deve ser realizado em acordo com o Dentista e a pessoa jamais deve se automedicar. Para quem tem infecção dentária e deixa de buscar tratamento por motivos financeiros um plano odontológico pode ser a solução possibilitando atendimento de qualidade mais em conta que na rede particular.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende infecção dentária:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões