periodontite crônica

Periodontite crônica e outros tipos

A periodontite é uma doença odontológica bastante comum entre crianças e adultos, especialmente em idosos. Essa enfermidade é caracterizada pela inflamação do periodonto, que é o tecido que dá suporte aos dentes. E essa região engloba a gengiva, o cemento, o próprio ligamento e o osso alveolar. Outra forma de detectar uma periodontite é que se trata da evolução de um quadro de gengivite.

Uma outra informação importante a respeito desse problema é que ele é dividido em três categorias: a periodontite crônica, a agressiva e a juvenil. A primeira é a mais frequente, sua progressão é demorada e é mais comum em adultos. Uma característica marcante a respeito da periodontite crônica é que ela gera uma bolsa periodontal no espaço entre o dente e a gengiva.

Já a periodontite agressiva possui um desenvolvimento rápido e se manifesta por meio de um desgaste acentuado do osso. Por fim, a juvenil também possui uma veloz evolução, porém é encontrada em pessoas jovens, esse tipo de periodontite é o mais raro dentre os três. Todos os casos são perigosos e devem ser tratados o quanto antes para que não continuem evoluindo e tragam mais prejuízos à saúde.

Conheça os sintomas da periodontite crônica

Normalmente a periodontite crônica tem início em um quadro de gengivite, e esse problema por sua vez normalmente começa a partir de uma má higienização bucal, que favorece a formação de uma placa bacteriana que com o passar do tempo se transforma em tártaro e gera diversas complicações. E para saber que se trata de periodontite crônica, confira alguns dos principais sintomas:

  • Recuo gengival – característica que faz os dentes parecerem maiores do que naturalmente são;
  • Deslocamento dentário – devido ao processo de inflamação que ocorre na estrutura dos dentes, é comum que eles se movimentem;
  • Espaço entre a gengiva e o dente – pode ser que o dente tenda a se soltar, e somado ao recuo gengival;
  • Dores ao mastigar – fazer qualquer movimento com os dentes, especialmente durante a mastigação pode trazer desconfortos;
  • Abscesso – bolhas de pus na região gengival também são sintomas bastante comuns em um quadro de periodontite crônica;
  • Mau hálito – a halitose de forma persistente é uma das características desse dolorido e incômodo problema.

Tratamentos possíveis

Para a periodontite crônica, para a agressiva ou para a juvenil é necessária uma avaliação do dentista para que ele prescreva um tratamento adequado. Se automedicar pode agravar o quadro. Em geral, o especialista começa a tratar o caso por meio de uma limpeza completa dos dentes. E com o paciente anestesiado (local), ele pode fazer uma raspagem radicular para a remoção do tártaro. Caso seja necessário, o próprio dentista irá prescrever medicamentos como antibióticos.

Em casos mais extremos, pode ser que seja preciso fazer uma intervenção cirúrgica, como por meio de um enxerto ósseo (procedimento bastante comum de ser realizado nos consultórios odontológicos), ou então a utilização de biomateriais para ser trabalhada no interior da região gengival. Quando não for possível manter o dente natural, é perfeitamente possível recorrer a um implante dentário.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende periodontite crônica:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões