saúde bucal

Cuidando da saúde bucal

Cuidar da saúde bucal é tão importante quanto cuidar da saúde geral, pois é através da boca que diversas bactérias entram em contato com o nosso organismo. Com a evolução das tecnologias no ramo odontológico, todos os anos surgem novos tratamentos para melhorar a saúde e a aparência dos dentes, entre os tratamentos mais realizados estão:

  1. Limpeza;
  2. Restaurações;
  3. Tratamento de canal;
  4. Tratamento ortodôntico;
  5. Extração de dente;
  6. Cirurgias ortognáticas;
  7. Aplicação de lentes dentárias;
  8. Clareamento.

Dúvidas frequentes

Cuidar da saúde bucal é essencial para que os problemas bucais não surjam. No entanto, existem muitas dúvidas, principalmente relacionadas à saúde bucal dos bebês. Veja duas dúvidas muito frequentes a respeito da higienização dos dentes dos pequeninos:

  • Com qual idade posso levar meu filho ao dentista: é indicado levar assim que os primeiros dentes nascerem para que o dentista oriente os responsáveis quanto aos cuidados com a higienização;
  • Como higienizar a boca do meu bebê: os profissionais de odontologia recomendam higienizar a boca do bebê, com uma gaze umedecida com água. Pelo menos, duas vezes ao dia, porém assim que nascer os primeiros dentes é importante comprar uma escova adequada para idade. É importante lembrar, que não é recomendado que o bebê durma com a boca suja.

Higiene bucal é imprescindível

Escovar os dentes não é nenhum bicho de sete cabeças, pois para escovar os dentes corretamente, basta ter em mãos uma escova de dente. pasta de sua preferência e fio dental:

  1. Escovar os dentes: os profissionais recomendam que os pacientes escovem os dentes, pelo menos, por dois minutos ou enquanto houver restos de alimentos acumulados. É importante, também escolher uma escova que esteja de acordo com o tamanho da boca do paciente;
  2. Escovar a língua: escovar a língua impede que o mau hálito apareça, para isso é importante saber que todos os alimentos que ingerimos ficam acumulados na língua e, junto com a saliva, forma uma massa repleta de bactérias conhecida como saburra;
  3. Usar o fio dental: o uso do fio dental deve ser diário, pois somente ele consegue remover os resíduos de alimentos que ficam presos entre os dentes, em locais que a escova de dente não é capaz de alcança.

Você já ouviu falar da odontofobia? Esse termo é utilizado para definir o medo de dentista. Muitas vezes, esse medo é desenvolvido por experiências ruins na infância ou até mesmo pela falta de hábito de se consultar com um odontologista. Ir ao dentista deve ser um hábito cultivado desde o nascimento dos primeiros dentes, por isso é de suma importância que os responsáveis levem seus bebês para uma consulta com um dentista especialista. Somente esse profissional poderá orientar quanto aos cuidados com a saúde bucal também, com relação ao nascimento dos dentes definitivos.

Lembrando que, um problema que surgir na primeira dentição pode afetar o desenvolvimento da definitiva. A prevenção é fundamental, para isso é necessário que os responsáveis compreendam a importância da odontopediatria, fazendo com que a criança saudável de hoje seja o adulto saudável de amanhã.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende saúde bucal:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões