tratamento endodôntico

Tratamento endodôntico sem mistérios

O tratamento de canal está entre os procedimentos mais temidos pelos pacientes. No entanto com o avanço das técnicas e a formação cada vez melhor dos profissionais a intervenção se mostra menos invasiva e dolorida além de solucionar um problema que o paciente quando deixa para depois pode enfrentar sérias consequências.

O tratamento endodôntico como é conhecido tecnicamente nada mais é do que o tratamento da parte interna - polpa ou nervo do dente. Ele consiste na remoção do tecido pulpar e posterior vedação do canal. Esse tipo de tratamento é feito quando há algum tipo de lesão na polpa do dente, que normalmente causa dores no paciente. Outra indicação comum da endodontia é quando acontece algum tipo de pancada no dente.

Agilidade no tratamento endodôntico

Nem toda dor de dente é tratada com endodontia, afinal existem outras causas para ela. A boa notícia é que a intervenção no canal não dói na hora. Entretanto, como ele é uma pequena cirurgia, pode sim causar incômodos depois. O tratamento endodôntico pode ser realizado em apenas uma sessão.

No entanto, se houver complicações, esse número pode aumentar:

  • Complicações são possíveis, como em qualquer outro tratamento;
  • A mais comum é uma perfuração da raiz, quando há um desvio do instrumento;
  • Calcificações que impedem o acesso do dentista ao canal são um fator a ser considerado na intervenção;
  • Dificuldades anatômicas podem atrapalhar o procedimento.

Não são necessários muitos cuidados após o canal, apenas evitar a mastigação em cima daquele dente afetado, para que ele fique em repouso. No entanto, é provável que o paciente faça isso mesmo de forma automática. É importante manter a higiene adequada e tomar corretamente as medicações quando prescritas por seu dentista

Consequências de não buscar o tratamento endodôntico

O dente que não recebe o tratamento endodôntico pode se tornar um foco de infecção no organismo do paciente, que é perigoso pois, se não tratado e eliminado, a infecção pode cair na corrente sanguínea e o paciente pode ter sérios problemas sistêmicos. Este processo pode evoluir para a formação de abscesso agudo, gerando grande edema facial. Este quadro infeccioso pode se tornar muito grave quando não se procura atendimento de urgência.

O único tratamento que pode substituir o canal é a remoção do dente. Porém, se um dente ainda tem como possibilidade o tratamento de canal, a extração dele é contraindicada pela dificuldade de repô-lo. Além do mais o custo com prótese e o implante é bem mais alto que o tratamento endodôntico.

OI tratamento de canal é o procedimento com maior taxa de sucesso na odontologia. Para quem deixa de consultar com um dentista em razão de dificuldades financeiras uma saída pode ser o plano odontológico. Com o pagamento de uma mensalidade, a consulta fica mais em conta quando comparado com o atendimento particular. O tratamento endodôntico está entre os procedimentos cobertos por todas as empresas, mesmo assim o paciente deve ler o contrato com atenção antes de fechar o negócio e garantir uma saúde bucal de qualidade sem pesar no bolso.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende tratamento endodôntico:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões