tratamento ortodôntico

Quando recorrer ao tratamento ortodôntico

O tratamento ortodôntico atende de forma bastante eficiente as pessoas que possuem algum (ou mais de um) dente torto, desalinhado e corrige diversos problemas relacionados a mordida e ao desenvolvimento da estrutura óssea bucal. Tais questões podem aprimorar a parte estética, mas também resolvem o lado funcional da boca, haja vista que atividades como mastigação, fala e respiração de uma pessoa estão diretamente relacionadas ao posicionamento dos dentes.

E nos casos em que a dentição não estiver totalmente correta, o tratamento ortodôntico entra com o importante papel de ajustar a posição dos dentes e até de mover de forma apropriada determinadas regiões da face. Pessoas que possuem desalinhamento entre os arcos superior e inferior dos dentes também são beneficiadas pelo tratamento ortodôntico, que pode ser feito por meio de um aparelho fixo ou móvel.

O tratamento ortodôntico não tem especificidade de idade, pode ser direcionado a uma criança cuja dentição está em fase de transição dos dentes de leite para os permanentes, e também para adultos em idade mais avançada. Quanto mais cedo recorrer ao tratamento ortodôntico, mais rápido virá o resultado, entretanto, o uso de aparelho é sim eficiente para pacientes idosos por exemplo.

Etapas do tratamento ortodôntico

O tratamento ortodôntico é, geralmente, longo, levando mais de um ano para que se desenvolva todas as suas etapas. Porém, seu resultado é visível e extremamente importante para a qualidade de vida de uma pessoa, fazendo valer a pena cada fase do processo, que consiste em:

  • Avaliação e planejamento – o diagnóstico por parte do ortodontista e os exames para conhecer melhor a estrutura dentária do paciente são fundamentais assim como a escolha do tipo de aparelho que poderá ser utilizado no caso;
  • Instalação do aparelho – no caso dos modelos fixos, o especialista irá colar bráquetes na superfície dos dentes e ligá-los uns aos outros por meio de um fio de metal. Quem usa aparelho móvel deve ir ao consultório para receber o item e aprender como colocar e remover da boca;
  • Manutenção I – a partir da instalação vem uma etapa muito importante do tratamento ortodôntico que é a manutenção, ou seja, a visita mensal ao consultório odontológico para que o profissional vá ajustando o aparelho conforme a movimentação dos dentes;
  • Manutenção II – é durante as visitas mensais ao dentista que há a troca das borrachas presas aos bráquetes e que podem ser colocados elásticos verticais, entre dentes dos dois arcos para um melhor encaixe;
  • Contenção – após a retirada do aparelho, quando os dentes estiverem totalmente alinhados, é possível que o dentista recomende contenções nos dentes (fixos nos dentes superiores e removíveis nos inferiores) durante algum tempo, enquanto os dentes ainda não estão totalmente estáveis.

Cuidados com o aparelho

Uma parte muito importante do tratamento ortodôntico refere-se aos cuidados que o paciente tem com a própria saúde bucal. Redobrar a atenção a higienização oral, não abrir mão do uso do fio dental e do enxaguante, assim como evitar mastigar alimentos muito duros são premissas de quem deseja ter um bom desempenho no tratamento ortodôntico.


Publicações Relacionadas

Regiões onde a Ideal Odonto atende tratamento ortodôntico:


ANS

0800 730 7373

atendimento@idealodonto.com.br

Ouvidoria

4003 3428

ouvidoria@idealodonto.com.br

Cartões